Jovem turista se derrete por Portugal descubra porque?

http://www.msn.com/pt-pt/viagens/video/turista-grava-v%C3%ADdeo-onde-se-derrete-por-portugal-e-pelos-portugueses/vi-BBp8UoQ  

Em Portugal cada vez mais turistas se apaixonam pela beleza dos Monumentos que contam sua história…suas praias lindíssimas..sua gastronomia única, simples e maravilhosa….seu povo afável, hospitaleiro que sabe como ninguém respeitar e cativar quem por aqui passar….As ondas de Nazaré que Garrett MacNamara mostrou ao mundo quando conseguiu vencer a maior onda de sempre…com essa façanha fez com que Portugal entrasse na história do surf mundial e fosse conhecido, como se essa onda gigantesca tivesse envolvido o planeta …Obrigado Garrett MacNamara por seu amor por Portugal.Esse vídeo, acima,  que a jovem turista se derrete por Portugal é outro testemunho que mostra que aqui é um país de gente feliz….Venham conhecer Portugal e descubram o verdadeiro significado de SAUDADE!!!!

anjo

Pai, anjo protetor

Pai

Tenho saudades do teu falar

Tenho saudades do teu aconselhar

E dos momentos que recordo com ternura

Sinto falta da tua presença e opinião

Quando escrevia com a alma e o coração

E me aconselhavas com sabedoria

e brandura

Recordo o teu sorriso disfarçado

Quando vivias doente e preocupado

E consciente que a família vivia com

inquietação

Agora, sei que és uma estrela no céu

a brilhar

E, sempre que estou triste e preciso

de chorar,

Eu tenho um anjo protetor que está

no meu coração

( Ana Santos )

Quem já perdeu seu pai, sabe que por mais que tenha sido um bom filho… que você poderia ter dado um pouco mais de atenção… um pouco mais de carinho… de dizer: Pai eu te amo! De deixar ele contar as velhas histórias mais uma vez e rir junto com ele…viajar com ele no tempo das lembranças muitas realmente inesquecíveis…Por isso coloquei este post bem no início deste ano…dia 07/01/2016…quinta-feira….assim você terá estas palavras para falar com ele…olhar o céu e a estrela mais brilhante será ele… em sintonia com você no espaço infinito do sonho que foi a jornada que juntos percorreram….Entretanto se ele ainda está aqui,saudável ou muito doente faça com que aquele sorriso disfarçado se torne num sorriso verdadeiro….num sorriso imensamente feliz…guarde essa imagem … assim, você a terá para sempre em seu coração….

anjo

Torta de laranja (Tarte)

Hoje, 04/01/2016, nada como preparar uma deliciosa torta de laranja e começar bem o ano. Torta de laranja

 Ingredientes

Massa: 250 g de farinha; 85 g de manteiga; 60 g de açúcar; 1 ovo; uma pitada de sal; 0,4 dl de água.

Recheio: 90 g de manteiga; 340 g de açúcar; 8 ovos; 2 laranjas; farinha e açúcar em pó q.b.; adicione uma colher de café, de canela ao creme de laranja.

Modo de fazer:

1) Prepare a massa: misture a farinha com a manteiga, o açúcar, o ovo e o sal. Enquanto amassa, misture a água aos poucos. Depois de obter uma massa homogênea, deixe-a repousar durante 30 minutos.

2) Prepare o recheio: amoleça um pouco a manteiga e misture-a com o açúcar, os ovos, o sumo das laranjas e raspa de apenas uma. Ligue o forno a 190 graus centígrados.

3) Estique a massa sobre uma superfície polvilhada com farinha e forre uma tarteira. Pique o fundo com um garfo e verta o creme do recheio.

4) Leve ao forno, cerca de 35 minutos. Retire e deixe arrefecer. Sirva a torta fria e polvilhada com açúcar em pó. Esta torta é divina!

cozinha para gulosos e anjo

Passe adiante II : A Gente Colhe o Que Planta!

Renato quase não viu a senhora,com o carro parado no acostamento. Chovia forte e já era noite. Mas percebeu que ela precisava de ajuda. Assim parou seu carro e se aproximou. O carro dela cheirava a tinta, de tão novinho. A senhora pensou que pudesse ser um bandido. Ele não parecia seguro, parecia pobre e faminto. Renato percebeu que ela estava com muito medo e disse: “Eu estou aqui para ajudar madame não se preocupe. Por que não espera no carro onde está quentinho? A propósito, meu nome é Renato”…Bem, tudo que ela tinha era um pneu furado, mas para uma senhora de idade avançada era ruim o bastante. Renato abaixou-se, colocou o macaco e levantou o carro. Logo ele já estava trocando o pneu. Mas ficou um tanto sujo e ainda feriu uma das mãos. Enquanto apertava as porcas da roda ela abriu a janela e começou a conversar com ele. Contou que era de São Paulo e que só estava de passagem por ali e que não sabia como agradecer pela preciosa ajuda. Renato apenas sorriu enquanto se levantava. Ela perguntou quanto devia. Já tinha imaginado todas as terríveis coisas que poderiam ter acontecido se Renato não tivesse parado e ajudado. Renato não pensava em dinheiro, gostava de ajudar as pessoas. Este era seu modo de viver. E respondeu: “Se realmente quiser me pagar, da próxima vez que encontrar alguém que precise de ajuda, dê para aquela pessoa a ajuda de que ela precisar e lembre-se de mim”. Alguns quilômetros depois a senhora parou em um pequeno restaurante simples, a garçonete veio até ela e trouxe-lhe uma toalha limpa para secar o cabelo molhado e lhe dirigiu um doce sorriso. A senhora notou que a garçonete estava com quase oito meses de gravidez, mas ela não deixou a tensão e as dores mudarem a sua atitude. A senhora ficou curiosa em saber como alguém que tinha tão pouco, podia tratar tão bem a um estranho. Então se lembrou de Renato. Depois que terminou a sua refeição, e enquanto a garçonete buscava troco, a senhora se retirou. Quando a garçonete voltou queria saber onde a senhora poderia ter ido quando notou algo escrito no guardanapo, sob o qual tinha 4 notas de cem reais(R$100,00). Correram lágrimas em seus olhos quando leu o que a senhora escreveu. Dizia: – Você não me deve nada, eu já tenho o bastante. Alguém me ajudou hoje e da mesma forma estou lhe ajudando. Se você realmente quiser me reembolsar por este dinheiro, não deixe este círculo de amor terminar com você, ajude alguém. Aquela noite, quando a garçonete foi para casa cansada e deitou-se na cama, seu marido já estava dormindo, e ela ficou pensando no dinheiro e no que a senhora deixou escrito. Como pôde aquela senhora saber o quanto ela e o marido precisavam disto? Com o bebê que estava para nascer no próximo mês, como estava difícil. Ficou pensando na bênção que havia recebido, deu um grande sorriso. Agradeceu a Deus. Virou-se para o marido que dormia ao lado, deu-lhe um beijo macio e sussurrou: -Tudo ficará bem. – Eu te amo Renato! 

Pense nisso. E se você quiser me pagar por esta mensagem. Passe adiante. E não deixe o círculo do amor morrer com você!

A VIDA É ASSIM,  UM ESPELHO. TUDO QUE VOCÊ TRANSMITE VOLTA PARA VOCÊ!

anjo 30/12/2015

Faça 2016 começar mais doce

                                                                                      

Depois do sucesso que foi o Bolo Econômico que minha querida irmã escreveu no blog do anjo pedi a ela mais algumas receitas deliciosas que publicarei nos próximos dias…Vamos começar o Ano Novo com mais doçura e menos travessura…2016 será com certeza um ano melhor para todos….Vamos então a receita de hoje : PUDIM DE LARANJA…o mais simples e tradicional dos pudins tem o sabor da laranja.

“PUDIM DE LARANJA”

Ingredientes

4 ovos

2 xícaras de açúcar

1 copo de caldo de laranja

1/2 copo de leite

2 colheres, das de sopa, de maizena

MANEIRA DE FAZER O PUDIM:

Ponha todos os ingredientes no liquidificador, ligue o aparelho e bata bem. Passe por uma peneira fina e despeje em uma forma pequena de pudim já caramelada coloque a  tampa. Asse em banho-maria. Pode usar uma panela de pressão com água, quando estiver a ferver, diminua o fogo e coloque a forma de pudim com tampa dentro da panela. Feche a panela de pressão, deixe ferver em fogo baixo durante 40 minutos. Após desligue o fogo e espere a pressão da panela acabar. Retire então a forma da panela e deixe esfriar o pudim, para só depois desinformar.

MANEIRA DE FAZER O CARAMELO:

INGREDIENTES

2 xícaras de açúcar

6 colheres de sopa de água

sumo de um limão pequeno

Levar ao fogo uma panela, com os ingredientes, sem mexer, deixar até a cor ficar dourada e com cheiro característico de caramelo. Estando pronto é hora de barrar a forma do pudim.

Parabéns! Você conseguiu fazer um pudim delicioso.

Que 2016 seja tão bom e tão gostoso como este pudim!

cozinha para gulosos & anjo

FELIZ ANO NOVO!

 

 

O Poder do Perdão

Esta é uma história real que aconteceu comigo. Eu tinha 22 anos, era engenheiro recém-formado e fora contratado por Furnas o melhor e mais cobiçado emprego para engenheiros eletricistas na época, estava muito feliz. Um dia o Diretor de Recursos Humanos me chamou ao gabinete dele e fez-me um convite para eu ir lecionar duas cadeiras, eletrotécnica e hidrologia e recursos hídricos, no Centro de Treinamento Básico (CTB) de Furnas, um curso que é aberto a todos os colaboradores de qualquer função que busquem mudar de função ou mesmo conquistar um melhor salário…mas para ter direito precisa passar com média geral de 7,0 valores o que equivale a 14 valores em Portugal….quem não passar volta para seu posto de trabalho. Bem aceitei o desafio e fui para Passos, Minas Gerais, Fiquei numa casa de visita, com todo o conforto, e as refeições fazia no hotel que lá existia e era um espetáculo…Um dia pedi ao gerente do hotel para ligar para o Rio de Janeiro e dizer para meus amigos da grandeza desta obra que nasceu no governo JK (Juscelino Kubitschek)…A produção da Usina Hidrelétrica de Furnas representaria então mais de um terço de toda a energia gerada no país, fundamental para o desenvolvimento industrial planejado por JK. A formação da represa ocorreu em 1961 e a inauguração oficial em 1965. Mas, voltemos ao telefonema do hotel, que pertencia a Furnas, falei com meus amigos, agradeci ao gerente e voltei para a casa de visitas para preparar as aulas que começariam daí a poucos dias…Nessa noite recebi um telefonema do Diretor dizendo que o gerente do hotel apresentou queixa de eu usar o telefone do hotel para fins particulares…me pediu para não mais fazer ligações do hotel e que poderia fazer uso do telefone do escritório da Usina quando o desejasse…Na hora fiquei muito aborrecido……porque ele fez isso?….poderia ter falado que era proibido o uso do telefone….Depois pensei que o custo da ligação que fiz seria debitada na conta do hotel….Deixei para lá e não fui reclamar da atitude do gerente que não sabia que eu seria o instrutor do curso que iria mudar a vida de muitos deles, apenas sabia que era engenheiro da empresa….Afinal chegou o dia do início do curso…muitos dos participantes já tinham mais de 40 anos e me olhavam como se pensassem esse professor é muito novo….Eram várias turmas e numa delas quem estava sentado no fundo da sala?….isso mesmo o gerente do hotel que fizera queixa de mim para o Diretor….mas fiz de conta que não sabia de nada e fui dar o curso…depois de muitos dias e aulas chegou afinal a hora de fazerem a prova que poderia mudar o destino de suas carreiras e vidas….Avisei para fazerem com calma a prova, se não soubessem uma questão que passassem à próxima, pois a nota para passar no curso seria 7,00 num total de 10,00 valores (ou 14 num total de 20). A essa altura eu já conhecia cada um pelo nome,  sabia se eram casados, quantos filhos tinham e em que função trabalhavam…desejei boa sorte e no dia seguinte daria a nota de cada um e muitos com certeza iam ter uma grande alegria…outros infelizmente não…e assim fui dando o resultado as turmas…até que chegou a turma do gerente do hotel, era dos mais humildes de formação ainda por cima tinha très filhos para sustentar…todos foram saindo alegres ou tristes e eu deixei o gerente por último então o chamei à mesa e falei o Sr sabe que precisa de 7,0 para conseguir o novo cargo, mas antes de lhe dizer a sua nota, quero lhe dar um exemplo de um jovem que tem a metade da sua idade e como devemos proceder em tomada de decisões no trabalho ou na vida, o Sr decidiu fazer queixa de mim à diretoria e eu decidi o seguinte peguei a prova dele e juntos contamos 6,00 pontos aí pedi que pegasse a caneta dele e respondesse a pergunta : qual é a turbina que é utilizada em quedas de até 60 metros ? o Sr esqueceu pois o nome é difícil de guardar…então escreva turbina Kaplan….isso mesmo agora o Sr tem 7,00 e vai mudar a sua vida e a de sua família, mas vai me prometer que à partir de agora vai pensar duas vezes antes de agir e não prejudicar ninguém…apenas ajude quem puder e assim cada vez mais portas se abrirão em sua vida como aconteceu hoje…Eu sou muito feliz…tenho uma maravilhosa família que sempre me ensinou a respeitar o próximo, ter humildade e que só cresce quem faz crescer os outros…Seja feliz e pratique o perdão…

anjo

Perdoar faz bem à saúde

Segundo Fred Luskin, diretor do Stanford University Forgiveness Project,  propõe: perdoar é a experiência de poder estar em paz, independentemente do que aconteceu na nossa vida há cinco minutos ou há cinco anos. ´Perdoar não é esquecer, é viver tranquilamente com o que não se esquecerá. Tal como é estudado na psicologia, perdoar é um ato de amor e compaixão para com alguém cujo procedimento nos magoou, mas também uma forma de nos libertarmos de sentimentos de vingança e ressentimento, que geram emoções negativas, diz a psicóloga Catarina Rivero. É  também importante, no entanto, perceber aquilo que o perdão não é: não se trata de esquecer ou aceitar as injustiças que nos são dirigidas. É um processo de olhar para além dos atos e comportamentos dos outros, centrando-se na importância da nossa libertação emocional, recusando ser prisioneiros que podem ser destrutivas, continua Rivero. Expressão chave a reter: emoções que podem ser destrutivas. O rancor é cansativo. Desgastante. Suga força e energia. De tal forma que, no limite, pode pôr-nos doentes, não só psicológica e emocionalmente, mas também fisicamente. A boa notícia é que, na realidade, como a falta de paz e de rancor são provocados por nós, não pelo outro, não dependemos de ninguém para remediar a situação. A investigação tem vindo a demonstrar correlações positivas como maior bem-estar subjetivo (geralmente considerado felicidade), menores níveis de depressão e ansiedade, bem como menor abuso de substâncias, quando se perdoa. Verifica-se ainda uma maior tendência para maior harmonia ao nível das relações familiares. Impõe-se um parêntesis que contextualize estes e outros estudos sobre o perdão realizados na área da psicologia positiva. Sobretudo, para que nada disto se confunda com algumas crenças desprovidas de bases científicas características da filosofia new age. Na realidade, a psicologia positiva nasce de uma contestação que só peca por tardia: a psicologia há décadas que se dedicava e investigar quem estava deprimido, quem tinha fobias, quem não superava traumas e todas as outras pessoas com as quais alguma coisa não estava bem. No entanto, não sabia nada sobre as pessoas funcionais, aquelas que, apesar dos reveses da vida, estavam mentalmente saudáveis, eram otimistas e conseguiam ser felizes. Estudos relacionam maior bem-estar e menores níveis de depressão e ansiedade com o ato de perdoar…Foi o psicólogo Martin Seligman, algures no não muito longínquo ano de 1998, durante a sua presidência da American Psychological Association, que começou a chamar a atenção para esse assunto, perguntando qual o sentido de insistirem em centrar a psicologia só no transtorno, na disfuncionalidade, na doença. Assim começou a ganhar expressão um novo campo de investigação, a psicologia positiva, que olha para as pessoas não só nas suas limitações e dificuldades , mas também nos seus sucessos: na superação das adversidades, nos recursos de que se valem, nos processos de adaptação positiva que fazem. E adivinhem: temos aprendido muito com isso. Por exemplo, que o perdão pode ser terapêutico. Um estudo chamado : Perdão e Saúde Física realizado pela Universidade de Wisconsin, demonstrou que perdoar pode ajudar os indivíduos de meia idade a evitar doenças cardíacas, outro, levado a cabo na Universidade de Stanford, mostrou que o perdão pode promover uma diminuição significativa de sintomas como insônias, náuseas, falte de apetite e dores de cabeça e das costas.Perdoar não é fácil. Talvez porque nas nossas cabeças o foco do perdão está no outro, não em nós. E repare-se como a lógica subjacente a não perdoar tende a ser tautológoca : não perdoamos porque o que foi feito é imperdoável. Mas a realidade é que por detrás da  rejeição ao perdão estão muitas vezes crenças poderosas acerca do que ele representa:  humilhação, fraqueza, perpetuação da injustiça. Somos levados a pensar que perdoas é abrir a porta a uma nova ofensa, é ser palerma, bonzinho, ingênuo ou até ter falta de coragem e de determinação. E assim vamos sustentando e alimentando a raiva. No entender de Helena Marújo, professora do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, cuja principal área de investigação é a psicologia positiva, a tendência anti perdão é também uma tentativa de luta contra o esquecimento. O preconceito emerge porque receamos, e muitas vezes com razão, que o perdão apague da nossa memória individual e coletiva , as injustiças, as violências, as desumanizações. Para uma espécie racional como a nossa , o sentido de evolução é essencial, se achamos que ao perdoar passamos uma borracha sobre o dano, temos medo de que esse perdão não nos leve a essa melhoria, que nos assegura também mais hipóteses de sobrevivência. Pensamos também, por vezes, que perdoar é perder poder, numa situação em que muitas vezes já nos sentimos sem poder. Mas perdoar não é e nem deve ser esquecer. Na verdade, trata-se sobretudo de parar de escarafunchar na ferida e deixar que a cicatriz se forme. Seligman, o pai da psicologia positiva, defende que o perdão não faz mais do que enfraquecer o poder que os acontecimentos negativos têm de provocar raiva e amargura. E permite reescrever a história e renovar a memória.Perdoar é sempre ser protagonista de uma nova história. Deverá ser uma tomada de decisão determinada, que é muitas vezes libertadora, desconstrutora de narrativas e histórias de vida rigidificadas, que só se renovam com o perdão. Podemos afastar-nos e proteger-nos de quem nos feriu, humilhou, destruiu, manipulou, trouxe sofrimento e ao mesmo tempo perdoar. A investigadora conta que, num exercício com alunos da universidade, em que estava envolvida e experiência da escrita privada de uma carta de perdão ( a si ou a outrem, à escolha do próprio), uma descoberta foi precisamente a de poder olhar para um passado doloroso e arruinado, como o de um pai que se suicidou, o de um marido que maltratava, o de uma avó que nunca aceitou um neto com deficiência, e reescreve-lo de uma forma não vitimizadora mas vitoriosa.. Assim se criam novas memórias e, ao mesmo tempo, um novo futuro. Não é que a maldição se transforme numa bênção, mas já dizia Martin Luther King que o perdão é um catalisador para uma nova partida, para um reinício. E às vezes é disso que precisamos. Como perdoar: Com base nos estudos de Robert Enright, cofundador do International Forgiveness Institute, Catarina Rivero faz notar que o processo de perdão é um caminho que começa sempre pela dor e pelo reconhecimento de que temos direito a sentir mágoa, tristeza ou mesmo revolta, mas que implica também a capacidade de compreende que os outros falham, mesmo que não aceitemos essa passagem de limites. As quatro fases deste processo – que podem levar diferentes tempos, de acordo com as circunstâncias e as vicissitudes da situação e da relação específica são :-Desocultação da raiva, considerando a sua influência na nossa vida…-Decidir perdoar a partir de dentro e no tempo de cada um…-Trabalhar o perdão desenvolvendo empatia e compaixão…-Descobrir e libertar-se da prisão emocional

texto Sofia Teixeira

Que em 2016 o Perdão tenha um lugar especial em seu Coração.

anjo

 

 .

Mourinho Special Forever

José Mourinho sabia que, quando deixasse o Chelsea, aqueles que tudo fizeram para boicotar os resultados dos jogos, tudo fariam para que o Chelsea vencesse…e foi exatamente o que ocorreu quando ganhou por 3-1 ao Sunderland ..só não sabiam que os adeptos iriam ovacionar de pé e a cantar “José Mourinho” durante largos minutos…Mourinho é sem dúvida um grande líder…Um grande maestro…feliz de quem o contratar agora…com um curriculum fantástico repleto de vitórias….Jamais os adeptos do Chelsea o esquecerão, pois o respeitam por tudo que  conseguiu e conquistou… uma legião de fãs o adora… ninguém conseguirá tirar de seus corações  as conquistas que ficarão lá para sempre…Parabéns Mourinho!… Lugar de técnico campeão é dentro do coração dos adeptos…Que o Pai NataL traga um fantástico contrato…Deus quando fecha uma porta Ele abre uma janela…Essa janela mostra o futuro: Special One…Happy One…Special Forever….

 Feliz Natal!  anjo

 

 …

 

 

Os três conselhos

Que o Natal seja “Inesquecível” para você e sua família.Como 2016 está chegando vou contar a história : Os três conselhos,Vale a pena refletir e ver que todos nós podemos aprender algo aqui agora nesta história simples…encantadora…. Dois jovens recém-casados e muito pobres viviam de favores num sítio do interior. Um dia o marido falou para sua esposa: -Querida, pensei muito e decidi viajar para bem longe, para arrumar um emprego onde eu possa trabalhar até ter condições de voltar e dar a você uma vida mais digna e confortável. Não sei quanto tempo vou ficar longe de casa, só peço uma coisa: que você me espere e que seja fiel a mim porque serei fiel a você. A esposa, mesmo triste, concordou e o marido foi embora. Depois de andar muitos dias a pé, encontrou um fazendeiro que estava precisando de alguém para ajudar em sua fazenda. Se ofereceu para trabalhar, foi aceito e propôs ao patrão: – Patrão, quero que me deixe trabalhar pelo tempo que eu quiser, e não quero receber o meu salário, por enquanto. Quero que o senhor o guarde numa poupança até o dia que eu sair daqui. Quando eu for embora, aí sim, o senhor me dará o dinheiro. O patrão concordou. O homem trabalhou muito, sem férias e sem descanso. Depois de vinte anos, agora um homem maduro, ele chegou para o seu patrão e disse que iria embora e pediu então, seu dinheiro. O patrão, então, lhe disse: Tudo bem, nós fizemos um pacto e eu vou cumprir, só que tenho uma proposta: Dou todo o seu dinheiro e você vai embora. Mas antes, tenho três conselhos para você….Mas se eu der o dinheiro não vou dar os conselhos, e se eu der os conselhos não dou o dinheiro…Pense com calma e depois me responda. Após dois dias pensando, o homem procurou o patrão e disse que preferia os três conselhos. E  o patrão mais uma vez o alertou, lembrando que, se desse os conselhos, não daria o dinheiro, ou seja, ficaria sem todos os seus salários de vinte anos de trabalho…Mas aquele homem tinha certeza do que queria e repetiu que queria os três conselhos…O patrão, então, começou a dar os conselhos: PRIMEIRO CONSELHO: Nunca tome atalhos em sua vida, caminhos mais curtos e desconhecidos podem custar a sua vida; SEGUNDO CONSELHO: Nunca seja curioso para aquilo que é mal, pois a curiosidade para o mal pode ser mortal; TERCEIRO CONSELHO: Nunca tome decisões em momentos de ódio ou de dor, pois você poderá se arrepender e ser tarde demais. Após dar os três conselhos o patrão falou: – Aqui você tem três pães. Dois são para você comer durante a viagem e o terceiro, para comer com a sua esposa quando chegar em casa. E o homem seguiu seu caminho. Andou durante o primeiro dia e encontrou um viajante que o cumprimentou e perguntou: – Para onde você vai? O homem falou que ia para um lugar distante e que deveria levar uns vinte dias para chegar lá…O viajante, então, falou: -Esse caminho é muito longo. Conheço um atalho que você vai chegar bem mais rápido…O homem agradeceu ao viajante e começou a seguir pelo atalho. Mas, lembrou-se do primeiro conselho do seu patrão: “Nunca tome atalhos em sua vida, caminhos mais curtos e desconhecidos podem custar a sua vida”. Então, voltou ao seu longo caminho. Dias depois ele soube que o atalho na verdade era uma emboscada. Depois de alguns dias de viagem, achou uma pensão na beira da estrada onde se hospedou. De madrugada acordou assustado com muito barulho e um grito apavorado. Pensou em sair para ver o que era….Mas se lembrou do segundo conselho: “Nunca seja  curioso para aquilo que é mal, pois a curiosidade para o mal pode ser mortal”. Então, voltou, se deitou e dormiu. No dia seguinte, após tomar o café, o dono da pensão contou o que tinha acontecido naquela noite: Um louco gritou durante a noite e, quando os hóspedes saíam  ele os atacava e matava…Você é o único a sair daqui vivo. O homem seguiu seu caminho e depois de muitos dias e noites de caminhada, viu entre as árvores a fumaça de sua casa. Andou e pôde ver sua esposa entre as árvores. Estava escurecendo, mas ele viu que a sua esposa estava sentada tendo um jovem deitado no colo dela e acariciava os cabelos dele…Ao ver aquela cena o homem ficou com muito ódio e amargura, e decidiu matar os dois…sem piedade.- Já estava indo executar seu plano, quando se lembrou do terceiro conselho: “Nunca tome decisões em momentos de ódio e de dor, pois você pode se arrepender e ser tarde demais”. Então, parou, pensou e decidiu dormir ali mesmo no meio do mato. No dia seguinte, de cabeça fria ele pensou: “Não vou matar minha esposa e nem o seu amante….Vou voltar para o meu patrão e pedir que ele me aceite de volta. Só que antes eu quero dizer para a minha esposa que eu fui fiel a ela”….E foi até a casa. Ao abrir a porta, a esposa o reconheceu….Imediatamente se jogou nos braços dele, toda contente. O homem, porém, tentou afastá-la… Não conseguiu….tamanha a felicidade dela. Então, emocionado, ele falou: -Eu fui fiel a você e você me traiu….A esposa, não entendendo o que o marido dizia, se defendeu: -Como? Eu não o trai, esperei você durante esses vinte anos. Surpreso, ele perguntou: E aquele homem que você estava acariciando, ontem à tarde, aqui ma varanda? -Aquele homem? Aquele homem é nosso filho! Quando você foi embora eu descobri que estava grávida e hoje, ele está com vinte anos de idade. O marido, com misto de arrependimento e alegria, abraçou a esposa e o filho, e depois contou toda a sua história. A esposa fez um café e sentaram-se para comer o último pão….Após a oração de agradecimento, e lágrimas de emoção, o homem partiu o pão e teve uma grande surpresa: ali, bem dentro do pão estava todo o seu dinheiro….!

LIÇÃO DE VIDA: Os três conselhos desta história nos ensinam a ser pacientes, cautelosos e jamais fazer pré-julgamentos, ou seja : JAMAIS SUPONHA!

anjo

A vida é uma dança…

A vida é uma dança…Quando uma porta se fecha, outra se abre; quando um caminho termina, outro começa…nada é estático no Universo, tudo se move sem parar e  tudo se transforma sempre para melhor. Habitue-se a pensar desta forma:tudo que chega é bom, tudo que parte também. É a dança da vida…dance-a da forma como ela se apresentar, sem apego ou resistência. Não se apavore com as doenças…elas são despertadores, têm a missão de nos acordar. De outra forma permaneceríamos distraídos com as seduções do mundo material, esquecidos do que viemos fazer neste planeta. O Universo nos mandou aqui para coisas mais importantes do que comer, dormir, pagar contas…Viemos para realizar o Divino em nós. Toda a inércia é um desserviço à obra divina. Há um mundo a ser transformado, seu papel é contribuir para deixá-lo melhor do que você o encontrou. Recursos para isso você tem, só falta a vontade de servir a Deus servindo aos homens. Não diga que as pessoas são difíceis e que convivência entre seres humanos é impossível. Todos se estão esforçando para cumprir bem a missão que lhes foi confiada. Se você já anda mais firme, tenha paciência com os seus companheiros de jornada. Embora os caminhos sejam diferentes, estamos todos seguindo na mesma direção, em busca da mesma luz. E sempre que a impaciência ameaçar a sua boa vontade com o caminhar de um semelhante, faça o exercício da compaixão. Ele vai ajudá-lo a perceber que na verdade ninguém está atrapalhando o seu caminho nem querendo lhe fazer nenhum mal, está apenas tentando ser feliz, assim como você. Quando nos colocamos no lugar do outro, algo muito mágico acontece dentro de nós: o coração se abre, a generosidade se instala dentro dele e nasce à partir daí uma enorme compreensão acerca do propósito maior da existência, que é a prática do AMOR. Quando olhamos uma pessoa com os olhos do coração, percebemos o parentesco de nossas almas.Somos uma só energia, juntos formamos um imenso tecido de luz…Não existem as distâncias físicas. A Física Quântica já provou que é tudo uma ilusão. Estamos interligados por fios invisíveis que nos conectam ao Criador da vida. A minha tristeza contamina o bem- estar do meu vizinho, assim como a minha alegria entusiasma alguém do outro lado do mundo. É impossível ferir alguém sem ser ferido também, lembre-se disso. O  exercício diário da compaixão faz de nós seres humanos de primeira classe. (NAMASTÊ:eu saúdo você)

anjo